quinta-feira, 9 de junho de 2016

Policiais do 1º Curso de Força Tática do 4º BPM realizam estágio operacional e se preparam para atuarem no combate à criminalidade

Equipe de Força Tática do 4º BPM
(4º BPM – GURUPI) – O 1º Curso da Força Tática do 4º BPM teve início no dia 02 (dois) de maio deste ano, com previsão de 40 dias de instruções, perfazendo uma carga horária total de trezentas e oitenta e cinco horas aula. Esta é a última semana do curso, oportunidade em que os alunos realizam o estágio operacional e colocam em prática os conhecimentos adquiridos no curso, com o objetivo de atuarem na prevenção e repressão à criminalidade.
O curso tem como objetivo promover a capacitação através da preparação técnico-profissional dos policiais militares ampliando, assim, conhecimentos teórico-práticos, atentos aos direitos humanos, tornando-os capazes de solucionar problemas por meio de ações padronizadas em situações de média complexidade.
Como forma de avaliar os conhecimentos teóricos adquiridos durante o curso, os alunos, ora policiais militares e rodoviários são submetidos ao estágio operacional.
Saída das equipes para início do patrulhamento tático
Nesse período eles executam as atividades de policiamento em conformidade com a doutrina aplicável aos integrantes do Grupo Tático, cujas equipes atuarão em ocorrências de média complexidade, as quais constituem reservas táticas das Unidades Operacionais. Ainda conforme a normatização desse grupamento, ele se subordina a essas Unidades para atender de forma mais eficiente e eficaz as necessidades da sociedade tocantinense, atuando preventivamente e repressivamente no combate às ações criminosas.
Momento da oração do Patrulheiro Tático
Para o 1º Tenente QOPM Éden Ferreira Morgado, o estágio permitirá ao policial habituar com a doutrina da Força Tática que foi repassada durante o curso. Enfatizou ainda, que nesse período, as viaturas estarão distribuídas nos bairros para combater a criminalidade e promover segurança ao cidadão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós!
Não serão permitidos comentários de qualquer natureza com apoio ao racismo, discriminação ou qualquer apologia a qualquer crime previsto em leis nacionais ou internacionais.
Se a finalidade do seu comentário é fazer qualquer tipo de denúncia, use a página "Contato e Denúncias".