domingo, 27 de maio de 2018

Gurupi: Com auxílio de rastreador, 4º BPM prende foragido da justiça e recupera veículo roubado

Motocicleta recuperada pela PM
(4º BPM – GURUPI) – Na manhã desta sexta-feira, 25, o 4º Batalhão de Polícia Militar, por intermédio de policiais militares do serviço operacional prendeu um homem de 35 anos de idade acusado de roubo de veículo e também cumpriram Mandado de Prisão em seu desfavor. Com o autor, a PM encontrou a motocicleta Yamaha YBR/125, cor preta, placa QKK-3567 de Gurupi – TO, com registro de furto e/ou roubo.
O crime aconteceu na noite anterior [quinta-feira, 24], ocasião em que dois homens subtraíram o veículo da vítima com o emprego de ameaças, mencionando estarem armados. Os criminosos roubaram ainda, o aparelho celular da vítima. A PM foi acionada e diligenciou durante a noite, mas não localizou o veículo.
Todavia, a vítima informou aos policiais que o veículo continha sistema de rastreamento, porém estava inoperante temporariamente. No dia seguinte, 25, após restabelecer o sistema, mediante o rastreamento, os militares localizaram o veículo dentro de uma residência situada na rua I, no setor Vilas Iris, região centro-sul de Gurupi – TO.
Durante a intervenção, os policiais prenderam o autor do delito, o qual confessou a prática delituosa e revelou ainda, que era foragido da justiça, cuja tornozeleira eletrônica havia sido danificada. Após consulta foi constatado a existência de Mandado de Prisão em desfavor do homem, que recebeu voz de prisão em flagrante e em cumprimento de Mandado Judicial. Em seguida os militares o conduziu e o apresentou juntamente com o veículo na Delegacia Central de Flagrantes para as devidas providências.










Nenhum comentário :

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós!
Não serão permitidos comentários de qualquer natureza com apoio ao racismo, discriminação ou qualquer apologia a qualquer crime previsto em leis nacionais ou internacionais.
Se a finalidade do seu comentário é fazer qualquer tipo de denúncia, use a página "Contato e Denúncias".