terça-feira, 29 de maio de 2018

4º BPM celebra parceria com Detran, que passará a atender ocorrências de acidente de trânsito sem vítima em Gurupi

Ten Cel Barbosa (e), Colemar (c) e Cel Falcão (d), durante reunião

(4º BPM – GURUPI) – Na manhã desta segunda-feira, 28, o Chefe do Estado Maior da PMTO, Coronel Marcelo Falcão Soares e o Comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar se reuniram com o Presidente do Detran - TO, Colemar Natal Câmara Ferreira Nunes de Melo para tratarem de pauta referente à celebração de parceria com a finalidade de atendimento de ocorrências de acidente de trânsito sem vítima em Gurupi – TO.
Na ocasião, o Comando Geral da Corporação, fundamentado em dados informados pelo 4º BPM expôs as estatísticos de ocorrências, afirmando que das 3.742 ocorrências registradas em Gurupi no ano de 2017, 23% delas correspondem a acidentes de trânsito, ou seja, 874 registros. Em análise ao emprego técnico-operacional de viaturas no atendimento das ocorrências dessa natureza, especificamente as que não envolvem vítimas com lesões, verificou-se que esses registros implicam na redução das atividades preventivas, pois demandam tempo considerado de empenho das equipes, conforme justificou o Coronel Falcão.
Vislumbrando a possibilidade de emprego de equipes de agentes do Detran, capacitados e aptos para o registro dessas ocorrências, foi proposto a celebração de parceria, que, intermediada pelo Coronel Falcão, o Presidente do Detran acolheu a solicitação e estabeleceu a parceria com a PM nos termos propostos.
Ainda, conforme destacou o Comandante da Unidade, essa parceria otimizará os atendimentos de ocorrências relacionadas a crimes e contravenções atendidas pela Corporação, bem como resultará na melhoria da segurança pública ao cidadão, tendo em vista que as viaturas terão mais tempo para realizarem ações preventivas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para nós!
Não serão permitidos comentários de qualquer natureza com apoio ao racismo, discriminação ou qualquer apologia a qualquer crime previsto em leis nacionais ou internacionais.
Se a finalidade do seu comentário é fazer qualquer tipo de denúncia, use a página "Contato e Denúncias".